Zomo Paper

O ritual de enrolar tabaco cresce no mundo

Culturalmente associado ao “caipira”, o cigarro artesanal ganha uma nova interpretação: moderno e descolado. Antigamente era característico da área rural, recentemente se tornou popular na área urbana. Efeito ocorre em todo mundo, principalmente na Europa e nos Estados Unidos.

 Ministério da Saúde e INCA em suas últimas pesquisas sobre o tema, realizadas em 2011, diz que o consumo de tabaco solto abrange 5,1% da população e de cigarro industrializado, 14,4%. Já o consumo de tabaco solto na área rural era de 13,8% e na área urbana, 3,6%.

 Entretanto, Paulo Corrêa, pneumologista afirma em entrevista para o site de notícias R7 – “O uso de tabaco enrolado à mão se disseminou. Não se restringe ao meio rural, é da área urbana também”.

 Um dos principais motivos de tanta gente ser adepto ao cigarro artesanal: o ritual. A seleção do tabaco, escolha da seda e o ato de enrolar antes de fumar, torna a experiência relaxante. Todo o processo está na busca por qualidade.

 A Zomo Paper é uma das marcas que estão se destacando aos amantes de cigarros artesanais. Sua seda é ultrafina e feita com goma vegetal para garantir uma queima padronizada do produto. Assim, o consumidor pode aproveitar o máximo, sem danos ao seu ritual.

Publicada em:

Últimas Notícias

Mini agora é Black!

Mini Black é a nova seda mini da nossa linha clássica, perfeita praquele fininho quando você quer F1 de boa!  Zomo paper trouxe esse produto pensando na galera que curte fazer uma sessão rápida e prática sem muito estrese na hora do preparo.   Todos os produtos da linha clássica utilizam papel ultrafino de origem francês […]

Publicada em:

Lançamos Natural Monster: A seda de Milhões

Prepara que chegou a braba! Nossa linha Natural ganhou um novo integrante. Para os brothers que curtem uma bomba, lançamos o novo Natural Monster!   Com a qualidade que caracteriza a Zomo, essa seda gigante é pro meu povo consciente que se preocupa com a natureza. Feito com Papel 100% orgânico livre de químicos e aditivos, […]

Publicada em: